O oftalmologista realiza diversos testes de visão e analisa os olhos para se certificar de que não haja problemas na retina ou na córnea.
Em caso de deficiência visual, ele prescreve lentes corretivas e fornece as explicações necessárias.


Por que o exame de vista é importante?

 

Nossos olhos são os principais responsáveis pelas informações que captamos do mundo. Mas para isso precisam estar em plena forma.
Muitas doenças visuais não têm sintomas imediatos até que algum dano comprometa a visão. Exames oftalmológicos regulares são muito importantes para manter a saúde visual e geral.
O exame pode detectar catarata, glaucoma e doenças da retina, bem como diabetes e pressão alta.
O recomendável é que se visite o oftalmologista ao menos uma vez por ano.

Veja como seu olho é avaliado interna e externamente:

 

Verificação da saúde ocular

 

É feito um exame interno e externo para detectar possíveis problemas, como catarata, glaucoma ou de retina.

 

 Acuidade Visual

 

Teste da capacidade focal para todas as distâncias.

 

Refração

 

Teste de habilidade para ver bem e claramente a todas as distâncias, onde é feita a avaliação para prescrição dos óculos atuais.

 

O funcionamento do olho

 

Quando o olho não apresenta nenhuma deficiência visual, a imagem dos objetos, próximos ou distantes, forma-se sobre a retina. O cristalino muda sua forma em função das distâncias, a fim de reproduzir uma imagem nítida: é o chamado poder de acomodação. A acomodação funciona desde uma distância de alguns centímetros a até, aproximadamente, 6m. Quando a imagem não se forma sobre a retina, a visão é desfocada.

Conheça os tipos de Ametropias, como identificá-las e quais são as formas de correção:

 

M I O P I A

 

 

O que é a Miopia?

 

O míope vê mal de longe, mas enxerga bem de perto. A distância entre a córnea e a retina é grande. O olho é “demasiado longo”: a imagem se forma à frente da retina.

 

Os primeiros sinais

 

Você franze os olhos para ver com nitidez de longe?
Encontra seus amigos na rua sem os reconhecer?
O seu filho, ainda criança, escreve com o nariz colado no caderno?
Podem ser sinais de miopia.
Dificuldade para ver ao longe é a queixa mais freqüente.

 

Correção

 

A miopia é corrigida com uma lente divergente (côncava), que recoloca a imagem sobre a retina e restitui uma boa visão até o infinito.
Quanto mais forte for a miopia, mais espessas as lentes são nas bordas e mais pesadas.
Contudo o constante desenvolvimento tecnológico, os fabricantes de lentes oftálmicas oferecem lentes melhor adaptáveis, mesmo quando a miopia estiver associada ao astigmatismo; e materiais mais modernos permitem lentes mais leves e finas para o usuário.
O míope vê mal de longe, mas enxerga bem de perto. A distância entre a córnea e a retina é grande. O olho é “demasiado longo”: a imagem se forma à frente da retina.

 

H I P E R M E T R O P I A

 

O que é a Hipermetropia?

 

O hipermétrope vê mal de perto e de longe. Se conseguir ver bem de longe, será com esforço e fadiga, pois o olho não é suficientemente potente. A imagem se forma atrás da retina.

 

Os primeiros sinais

 

Fadiga ocular e dores de cabeça? O esforço permanente de acomodação pode ser a causa destas manifestações, mais freqüentes ao fim da tarde e depois do trabalho.
Uma hipermetropia fraca passa freqüentemente desapercebida até os 35/40 anos, pois o olho se “acomoda” para estabelecer uma imagem nítida. Na criança, quando a hipermetropia é forte, percebemos isto mais cedo, pois a deficiência é muita vezes acompanhada de estrabismo, que deve ser rapidamente corrigido.

 

Correção

 

A hipermetropia é corrigida com uma lente convergente (convexa), que recoloca a imagem sobre a retina. Alivia-se, assim, o esforço de acomodação ocular, evitando a fadiga e as dores de cabeça.
As lentes para hipermétropes são mais espessas no centro do que nas bordas. A diferença de espessura é tanto maior quanto mais forte for a hipermetropia.
Contudo o constante desenvolvimento tecnológico, os fabricantes de lentes oftálmicas oferecem lentes melhor adaptáveis, mesmo quando a hipermetropia estiver associada ao astigmatismo.

 

A S T I G M A T I S M O

 

O que é o Astigmatismo?

 

O astigmata tem uma visão imperfeita, tanto para perto como para longe. Não tem a percepção nítida dos contrastes entre as linhas horizontais, verticais e oblíquas. É normalmente a curvatura da córnea que está alterada, com uma forma mais ovalada que redonda.
O astigmatismo pode associar-se com outras anomalias visuais como a miopia, a hipermetropia ou a presbiopia – vista cansada.

 

Os primeiros sinais

 

O astigmata confunde os símbolos próximos, como o H, o M e o N ou ainda o 8 e o 0. Combinado com a miopia ou a hipermetropia, o astigmatismo pode provocar fadiga ocular ou dor de cabeça. É comum a queixa de dificuldade de seguir uma linha de um texto.

 

Correção

 

O astigmatismo é corrigido com uma lente tórica, cujas curvas que compensem as da córnea. A espessura da lente não é a mesma em toda a sua superfície.
Esta diferença de espessura é tanto maior, quanto mais forte é o astigmatismo.
Contudo o constante desenvolvimento tecnológico, os fabricantes de lentes oftálmicas oferecem lentes melhor adaptáveis, mesmo quando o astigmatismo está associado à miopia, hipermetropia ou presbiopia.

 

P R E S B I O P I A

 

O que é a Presbiopia ou Vista Cansada?

 

A presbiopia, usualmente chamada de vista cansada, é uma alteração natural da visão que se manifesta em todas as pessoas a partir dos 40 anos: o cristalino perde a elasticidade, encurva-se de forma insuficiente e perde a capacidade de acomodação, resultando em uma crescente dificuldade para ver bem de perto.

 

Os primeiros sinais

 

Os seus braços já não são suficientemente compridos para ler o jornal?
Os seus filhos “implicam” com você, ao vê-la enfiar uma linha na agulha?
Aproxima-se mais da luz?
Você não consegue ler a bula dos remédios?
Estes são os primeiros sintomas da presbiopia ou vista cansada.

 

Correção

 

Atualmente existem vários tipos de lentes corretivas. Para aconselhar sobre as lentes mais adequadas às suas expectativas e necessidades, nossos consultores terão de conhecer as suas atividades, tanto profissionais como de lazer. Embora todas as lentes para presbiopia tenham por objetivo proporcionar a recuperação da visão de perto, nem todas possuem as mesmas características.

 

Lentes de Leitura

 

Para ler o jornal, costurar, escrever, sem nunca olhar para além dessa distância, as lentes simples de leitura ou a “meia-lua” são mais adequadas. Mas quando o usuário levanta os olhos para ver o que está na visão intermediária e de longe, as imagens tornam-se desfocadas. Isto obriga a tirar e pôr os óculos continuamente ou a olhar por cima deles.

 

Lentes Intermediárias

 

As lentes intermediárias são a solução mais completa em óculos para leitura, pois oferecem um maior campo de visão em comparação às lentes unifocais comuns, principalmente para usuários de computador, estas lentes são mais indicadas, pois permitem uma visão ampla de perto e intermediário (tela do computador)

 

Lentes Bifocais

 

As lentes bifocais permitem ver de perto e de longe, mas são caracterizadas por uma linha de separação visível. Esta linha constitui um obstáculo, pois os olhos passam bruscamente da visão de perto à visão de longe, sem beneficiarem o campo de visão intermediário.

 

Lentes Progressivas ou Multifocais

 

Este tipo de lente, permite ver nitidamente a todas as distâncias, devido à sua superfície óptica sofisticada concebida a partir da observação do movimento dos olhos e das necessidades visuais. O olhar passa suavemente da visão de perto para visão intermediária e depois à visão de longe, sem qualquer esforço.
As lentes Multifocais oferecem maior conforto, respeitando os hábitos visuais do usuário, proporcionando uma focagem imediata dos objetos.
As lentes multifocais podem ser mais adequadas em função do estilo de vida do usuário: coloridas (com cor uniforme ou degradé), fotossensíveis (que escurecem e clareiam conforme o ambiente), policarbonato para aqueles que procuram lentes resistentes ao choque, resistentes a arranhões, finas, leves e com 100% de proteção (UVA e UVB).
Estas lentes podem receber tratamento anti-reflexo. Uma solução sob medida para você se beneficiar da maior segurança, melhor estética e maior conforto.